TIRADENTES, PARTE 1

Quem é vivo sempre aparece! Olha eu aqui pra falar de uma coisa que amo. Viajar! Dessa vez, o destino foi a cidade histórica de Tiradentes. Eu que já tinha conhecido Inhotim e BH ano passado, voltei a essa terra acolhedora e deliciosa, que é Minas Gerais. Vamos às dicas?
Como cheguei em Tiradentes e onde fiquei
Não tenho carro. Não sei dirigir. Ando mesmo é de coletivo! Comprei a passagem pelo site da Paraibuna: Rio x São João Del Rei (ida às 7h e volta às 14h), saída e chegada na rodoviária Novo Rio (dica: no horário das 7h o ônibus passa em Tiradentes, fala com o motorista!). Chegando em Tiradentes, peguei um taxi até a pousada que escolhi e super recomendo: a Pousada do Ó. Na volta, o ônibus sai de São João e aí é só pegar um ônibus na pequena rodoviária de Tiradentes às 13h para São João Del Rei (você chega na mesma rodoviária do ônibus do Rio).

Na Pousada do Ó, fala com o Alan que é uma simpatia, assim como todos (to-dos!) os funcionários. Café da manhã de casinha mineira e localização estratégica, perto de tudo e você ainda dorme escutando o sino da Igreja da Matriz bater. Beijos, Alice, Flávia, Angela, Jonas e Alan! #gratidão

E o que visitar em Tiradentes?

Tiradentes é bem pequena. Escutei muito: mas você vai ficar três dias, isso tudo? Pois bem, amigos, eu ficaria uma semana, duas, um mês... Uma calma, uma tranquilidade, o lugar perfeito pra pensar em coisas que você não pensa na correria do dia, esquecer os problemas, as obrigações. Comer sem culpa todos aqueles doces, conhecer pessoas acolhedoras, prontas para bater um dedo de prosa com café quentinho. Mas, é claro. Há quem prefira correr e passar por todos os pontos turísticos em um dia, você que sabe.
  • Igreja Matriz de Santo Antônio, onde nos finais de semana acontece uma apresentação de som e luz 

  • Largo das Forras, com bares, restaurantes e lojas de artesanato, é o ponto de encontro e de onde saem as charretes (pra quem curte, eu não).
  • Capela do Bom Jesus da Pobreza (fica no Largo das Forras)
  • Igreja do Rosário (a mais antiga da cidade, de 1708, fica na rua Direita em frente à antiga Cadeia)
  • Museu de Sant’Ana (antiga Cadeia)


  • Chafariz de São José (quem lembra da minissérie Hilda Furacão? a cidade de Tiradentes, de nome fictício "Santana dos Ferros", foi cenário de várias cenas)
  • Capela de Nossa Senhora das Mercês (no Largo das Mercês)



  • Capela de São João Evangelista (na rua Padre Toledo)
  • Museu do Padre Toledo (rua Padre Toledo)


  • Santuário da Santíssima Trindade (um pouco mais afastado, mas vale a visita)

  • Capela de São Francisco de Paula (de onde tem a vista da cidade, da Igreja da Matriz e um por do sol energizante)



E o melhor, se perder nos becos, ruazinhas, nas lojinhas de artesanato da rua Resende da Costa e Min. Gabriel Passos, nos bares e restaurantes da rua Direita, nos cafés e ateliês de arte... Mas, vamos deixar essas dicas para o próximo post, combinado?

Pousada do Ó: Rua do Chafariz, 25 - Centro Histórico 
tel (32) 3355-1699 | contato@pousadadoo.com.br  

Look: blusa e saia Cantão; rasteira Arezzo; cinto Antonella; óculos Ray-ban

Alan Alan disse...

Oi Cynthia Storck! Parabéns pelo blog, adorei os comentários e as fotos. Estou com saudades deste lugar que é realmente muito lindo. Abraços e parabéns!

ANDRÉ LUIZ disse...

Muito bom!

Parabéns pelas fotos!

Agora precisa somente casar-se comigo - rsrsrsr

André Luiz



                  

2015 - Cynthia Storck - Todos os direitos reservados. Layout por Mari Bombonato