FOTOGRAFIA :: DICAS BÁSICAS #3

Você, que vem acompanhando o blog, sabe que estou postado dicas básicas de fotografia para quem quer sair do modo automático. Já falei sobre as diferenças entre modo manual e automático e sobre abertura de diafragma, teorias que aprendi no curso do Ateliê da Imagem. Hoje o post é sobre velocidade de obturador.

Lembra que o diafragma (fxx) controla a quantidade de luz que entra na objetiva (lente) da câmera? Então, o obturador determina o tempo que esta luz atingirá o sensor nas câmeras digitais ou o filme, nas analógicas.

Obturador (1/xxxx) = controle de luz e movimento
Aprendemos a priorizar o obturador, por exemplo, quando queremos controlar o movimento de uma ação. As velocidades mais rápidas congelam a ação e as mais lentas deixam aquele borrado, às vezes, indesejado.
No carrossel do Campo de São Bento em Niterói,  com velocidade alta de 1/400 (uma de minhas fotos do trabalho final com tema "alegria")
Velocidades rápidas: 1/4000; 1/3200; 1/2500; 1/2000; 1/1600; 1/1250; 1/1000; 1/800; 1/640; 1/500; 1/250; 1/125

Velocidades lentas: 1/60; 1/50; 1/40; 1/30; 1/25; 1/20; 1/15; 1/13; 1/10; 1/8; 1/6; 1/5 até segundos inteiros como 1''; 2''; 4'' (...) 30'' 
(Algumas câmeras possuem o "BULB" que controla um tempo ainda maior de exposição).
Testando o efeito borrado com uma velocidade baixa 1/40
Em distâncias focais longas (ex. 200mm) também é aconselhado usar velocidades rápidas, pelo menos 1/250) para evitar tremer a câmera e sua foto sair borradinha.

Um efeito de "panning" também pode ser feito com uma velocidade baixa (ex.: 1/30) de obturador. Na foto que fiz da bicicleta, acompanhei o seu movimento enquanto 'bati' a foto.
Efeito "panning": velocidade baixa 1/25 e acompanhar o movimento enquanto 'bate' a foto
Relembrando:
Quer destacar um plano e desfocar o outro? Priorize o diafragma, a sua abertura.
Ou quer congelar um movimento? Priorize o obturador, a velocidade que, neste caso deve ser rápida.

Em seguida, é só zerar o fotômetro como já falamos nos outros posts dessa série, para um equilíbrio ideal entre abertura (fxx) e velocidade (1/xxx). Para fechar os controles principais, falaremos sobre ISO no próximo post, tá!

Dica de livro:
Mostrei no meu instagram @cystorck, o livro que comprei e compartilho aqui também. 
"O novo manual de fotografia", de John Hedgecoe, editora SENAC. Foi dica de uma colega de turma do Ateliê, a Dora.
O livro é ótimo, completo, super ilustrado com exemplos, fácil de ler e entender e ainda tem um capítulo de pós-produção com dicas de edição de imagens em photoshop. 

(todas as fotos são minhas do meu curso no Ateliê da Imagem)

kadavannoor disse...

A verdade é que a fotografia exige esforço e pesquisa para obter melhor resultados. Alguns truques que o fotografo aprende irão melhorar as suas imagens, mas há alguns que terá uma série de práticas para dominar.



                  

2015 - Cynthia Storck - Todos os direitos reservados. Layout por Mari Bombonato